Qual é a idade certa para ter um seguro de vida?

by topsegurovida on January 5, 2012


Ter um seguro de vida pode ser algo bastante vantajoso para pessoas de diversas idades. Por exemplo, planos de seguro de vida que incluem premiações em dinheiro no caso de invalidez permanente ou doenças graves são boas opções para pessoas com mais de 18 anos, que tenham ou não dependentes, pois as apólices desses seguros costumam garantir uma renda complementar para o segurado que fica impossibilitado de trabalhar. Ou seja, não há idade certa para aderir a esses seguros de vida.

Já os planos de seguro de vida que incluem pagamento de prêmios em dinheiro para dependentes e beneficiários do contratante são quase que essenciais para pessoas com idade superior a, geralmente, 30 anos e com dependentes, como cônjuge e filhos. Esse tipo de seguro de vida é o mais vendido nas asseguradoras e, de acordo com a Superintendência de Seguros Privados (SUSEP – que controla os seguros privados no Brasil), a maioria dos contratantes são homens com mais de 35 anos e com, pelo menos, um filho. Portanto, a idade certa, na verdade, para se fazer um seguro de vida depende das condições do contratante.

Quanto mais cedo, melhor, além do segurado contar com menos burocracia por parte das empresas seguradoras – tanto para fechar contratos quanto para o pagamento das indenizações previstas no contrato do seguro individual. Vale ressaltar que as seguradoras só fazem seguros de vida com prêmios por morte para pessoas com no máximo 60 anos. Pessoas com idade superior a 60 anos podem ter as suas propostas recusadas ou com mensalidades superior a R$ 1.000,00, sendo assim, é importante não aguardar que a idade avance para procurar por um seguro individual de vida.

Imagens: Reprodução.

Anterior:

Seguinte:

Deixe um comentário